O que é e como usar um multímetro?

O que é e como usar um multímetro?

Veja como usar um multímetro, que é um aparelho extremamente importante tanto para os profissionais quanto para ter em casa.

Multímetro Digital - WORKER-100706 - R$32.26 | Loja do Mecânico
Multímetro

Um multímetro, também conhecido como volti-metro, é um testador portátil usado para medir voltagem elétrica, corrente (amperagem), resistência e outros valores. Os multímetros vêm em versões analógicas e digitais e são úteis para tudo, desde testes simples, como medir a tensão da bateria, até detectar falhas e diagnósticos complexos. Eles são uma das ferramentas preferidas por eletricistas para solucionar problemas elétricos em motores, aparelhos, circuitos, fontes de alimentação e sistemas de fiação . Os DIYers também podem aprender como usar um multímetros para medições básicas em casa. 

Multímetros Analógicos

Um multímetro analógico é baseado em um microamperímetro (um dispositivo que mede amperagem, ou corrente) e tem uma agulha que se move em uma escala graduada. Os multímetros analógicos são menos caros do que seus equivalentes digitais, mas podem ser difíceis de ler com precisão para alguns usuários. Desse modo, eles devem ser manuseados com cuidado e podem ser danificados se cair.

Os multímetros analógicos normalmente não são tão precisos quanto os medidores digitais quando usados ​​como voltímetro. No entanto, multímetros analógicos são ótimos para detectar mudanças lentas de voltagem, porque você pode observar o ponteiro se movendo sobre a escala. Desse modo os testadores analógicos são excepcionais quando definidos como amperímetros, devido à sua baixa resistência e alta sensibilidade, com escalas de até 50 µA (50 microamperes).

Multímetros Digitais

Os multímetros digitais são o tipo mais comumente disponível e incluem versões simples, bem como designs avançados para engenheiros eletrônicos . No lugar da agulha e escala em movimento encontradas nos medidores analógicos, os medidores digitais fornecem leituras em uma tela LCD. Eles tendem a custar mais do que multímetros analógicos, mas a diferença de preço é mínima entre as versões básicas. Por fim testadores avançados são muito mais caros.

Os multímetros digitais normalmente são melhores do que os analógicos na função de voltímetro, devido à maior resistência do digital. Mas, para a maioria dos usuários, a principal vantagem dos testadores digitais é a leitura digital de fácil leitura e alta precisão.

Como usar um multímetro?

As funções e operações básicas de um multímetro são semelhantes para testadores digitais e analógicos. O testador tem dois terminais – vermelho e preto – e três portas. O cabo preto é conectado à porta “comum”. O cabo vermelho se conecta a qualquer uma das outras portas, dependendo da função desejada.

Depois de conectar os fios, você gira o botão no centro do testador para selecionar a função e a faixa apropriada para o teste específico. Por exemplo, quando o botão é ajustado para “20 V DC”, o testador detectará tensão DC (corrente contínua) de até 20 volts. Para medir tensões menores, você deve definir o botão para a faixa de 2 V ou 200 mV.

Primeiramente para fazer uma leitura, você toca a extremidade pontiaguda de metal desencapado de cada eletrodo em um dos terminais ou fios a serem testados. Em seguida a tensão (ou outro valor) será lida no testador. Os multímetros são seguros para uso em circuitos e equipamentos energizados, desde que a tensão ou corrente não exceda a classificação máxima do testador. Além disso, você deve ter cuidado para nunca tocar nas extremidades de metal desencapadas dos fios do testador durante um teste energizado, porque você pode receber um choque elétrico.

Funções de multímetro

Os multímetros são capazes de muitas leituras diferentes, dependendo do modelo. Os testadores básicos medem tensão, amperagem e resistência e podem ser usados ​​para verificar a continuidade, um teste simples para verificar um circuito completo. Multímetros mais avançados podem testar todos os seguintes valores:

  • Tensão e amperagem AC (corrente alternada)
  • Tensão e amperagem DC (corrente contínua)
  • Resistência (ohms)
  • Capacidade (farads)
  • Condutância (siemens)
  • Decibéis
  • Ciclo de trabalho 
  • Frequência (Hz)
  • Indutância (henrys)
  • Temperatura Celsius ou Fahrenheit 

Acessórios ou sensores especiais podem ser acoplados a alguns multímetros para leituras adicionais, como:

  • Nível de luz
  • Acidez
  • Alcalinidade
  • Velocidade do vento
  • Humidade relativa
Saiba mais

Mitos e verdades sobre a Cerca elétrica

Veja como utilizar kits de Solução em Segurança

Aprenda em casa como codificar controle de portão eletrônico

Voltar ao Topo
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE